Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

sexta-feira, setembro 23, 2011

10 motivos para poupar e investir todos os meses

10 motivos para poupar e investir todos os meses

14 de setembro de 2011 • 13h07 Por: Diego Lazzaris Borges

SÃO PAULO – Poupar é uma tarefa considerada difícil por muitas pessoas, que nem sequer conseguem equalizar o orçamento e quitar todas as contas mensais. Entretanto, especialistas em finanças ressaltam a importância de fazer uma poupança mensal e investir uma parte do dinheiro recebido, para conseguir alcançar objetivos de uma maneira mais fácil.

Garantir uma aposentadoria mais tranquila, programar viagens, ter uma reserva de segurança em caso de emergência. De acordo com a educadora financeira e diretora do The Money Camp, Silvia Alambert, motivos não faltam para que você faça um esforço e separe uma parte da renda mensal para poupar e investir. Por isso, ela listou 10 razões para que você faça isso todos os meses. Confira:

1 – Garantir a aposentadoria
Ter uma aposentadoria mais tranquila é um dos principais motivos para se poupar, segundo a educadora financeira. “Depois que você deixar de trabalhar, seu padrão de vida pode cair muito, se você for contar apenas com a Previdência Social”, diz.

Por isso, ela aconselha que uma parte da renda mensal seja destinada a uma poupança que só deve ser utilizada quando se parar de trabalhar. “É muito importante pensar nesta fase da vida desde cedo”, ressalta.

2 – Usar o poder do juros sobre juros
Ao invés de ficar pagando juros em financiamentos, você pode fazer o dinheiro trabalhar a seu favor por meio de um investimento. Assim, conseguirá alcançar seus objetivos de maneira mais rápida e com o orçamento em dia. “Os juros só são interessantes quando os recebemos”, lembra a educadora.

3 – Garantir a própria educação e aperfeiçoamento profissional
É muito importante separar uma quantia mensal com o objetivo de se qualificar profissionalmente. Assim, você estará investindo também no seu futuro e terá mais chances de conseguir melhores colocações no mercado de trabalho.

Para Silvia, além de investir pensando em cursos relacionados à carreira, também é interessante fazer cursos para a vida pessoal. “Você também deve investir nos seus hobbies, que também vão garantir o seu crescimento pessoal”, afirma.

4 - Conseguir realizar sonhos
A maioria das pessoas tem algum tipo de sonho de consumo. Entretanto, muitas vezes, acaba sendo necessário adiar grandes sonhos, como a compra de um carro, uma viagem internacional, ou até mesmo esquecê-los, por falta de dinheiro e de planejamento financeiro.

Por isso, a educadora enfatiza a importância de se poupar e investir pensando na realização dos sonhos. “Assim, fica muito mais fácil conquistar o objetivo”, ressalta.

5 - Garantir a educação dos filhos
Garantir uma boa formação para os filhos é outro motivo listado pela educadora para investir e poupar mensalmente. “É importante pensar no futuro o quanto antes”, afirma.

De acordo com ela, quanto mais cedo se investir com este pensamento, melhor para as finanças da família. “Muitos pais só pensam na faculdade dos filhos quando eles já estão no colegial. Para não ter que depender de bolsa, de crédito escolar, o ideal é começar enquanto eles ainda são novos”, diz.

6 – Poder gastar com lazer
Saídas de final de semana, viagens com amigos, shows, barzinhos. Todos estes programas acabam influenciando no orçamento familiar e é preciso ter uma reserva financeira para eles também. “A pessoa tem que economizar e fazer uma reserva para gastos como estes”, afirma Silvia.

7 - Aproveitar melhor as oportunidades
A educadora lembra que, quando você tem dinheiro guardado, consegue aproveitar melhor as oportunidades de compra.

“Se você tem dinheiro para comprar à vista, consegue comprar muitas coisas com um ótimo desconto”, afirma. “Você pode comprar um imóvel de alguém que está precisando muito vender, por exemplo, e fazer um ótimo negócio e investimento. Ou mesmo aproveitar outros descontos, em vários tipos de compras”, completa.

8 - Ter segurança financeira em caso de perda de emprego
As contas da família podem estar em ordem hoje, mas você já imaginou o que aconteceria se você perdesse o emprego? Para evitar grandes apertos, em casos emergenciais como este, é interessante sempre ter uma reserva de emergência. “É importante pensar que algo pode acontecer e se preparar para isso financeiramente”, diz Silvia.

9 – Ter uma vida sem tantas privações
Para que você consiga ter o orçamento em dia e não viva pagando dívidas de carnês e cartões, a educadora ressalta que é importante guardar um valor para gastos básicos, que podem afetar o orçamento da família.

“Tem pessoas que compram de tudo no cartão de crédito e vivem endividadas, não conseguem adquirir nada novo”, diz. “O ideal é que as contas estejam acertadas e você tenha uma reserva para comprar tudo aquilo que precisa mensalmente”, diz.

10 - Poder ajudar entidades assistenciais
A educadora financeira ressalta que, quando se tem o orçamento organizado, fica muito mais fácil ajudar o próximo por meio de doações, por exemplo. “Você tem várias formas de ajudar, não precisa nem ser com dinheiro”, afirma.

Para quem pode e tem interesse, ela aponta que separar uma pequena quantia por mês para ajudar os mais necessitados pode ser uma tarefa gratificante. “Você pode ajudar inúmeras entidades sérias e que precisam de contribuições”, conclui.

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.